• We are available for your help 24/7
  • Email: info@isindexing.com, submission@isindexing.com


Paper Details

Paleobiologia e Evolução: o potencial do registro fossilífero brasileiro

Luana Pereira Costa de Morais Soares Bruno Becker Kerber Gabriel Ladeira Osés Alessandro Marques de Oliveira Mírian Liza Alves Forancelli Pachec

Journal Title:Revista Espinhaço
Abstract


A Paleobiologia é uma área que vem ganhando destaque mundial com seus estudos voltados para interpretações ecológicas, evolutivas e ambientais do registro fossilífero. Nesse contexto, o Brasil tem demonstrado grande potencial para o desenvolvimento de pesquisas que podem contribuir para compreensão da história e processos evolutivos dos organismos. Em seu vasto território, o país apresenta diversas localidades fossilíferas que contêm informações cruciais sobre a evolução e diversificação da vida na Terra. O Grupo Corumbá, em afloramentos da Formação Bocaina, apresenta evidências dos primeiros protistas eucariontes heterotróficos, além do posterior aparecimento dos primeiros metazoários capazes de realizar esqueletogênese, evidenciados na subsequente Formação Tamengo. O Membro Crato, no nordeste brasileiro, é reconhecido mundialmente pela preservação excepcional da paleoentomofauna e paleoflora do Cretáceo, e constitui uma das melhores possibilidades para pesquisas paleontológicas voltadas para a coevolução inseto-planta. Outro grande campo da Paleobiologia que vem sendo desenvolvida no país são os estudos sobre a paleomastofauna, principalmente dos abundantes fósseis pleistocênicos encontrados em diversas regiões do país, e que podem lançar novas informações quanto a extinção da megafauna e a convivência desta com as antigas populações humanas da época. Sendo assim, o Brasil possui uma ampla gama temporal em seu registro fóssil, e permite o desenvolvimento de pesquisas de ponta que ajudarão a responder importantes questões evolutivas sobre os organismos, inclusive aquelas envolvendo as megatrajetórias da vida.

Download