• We are available for your help 24/7
  • Email: info@isindexing.com, submission@isindexing.com


Paper Details

Desenvolvimento de sistema de nano irrigação como diafragma de argila para redução de perda de água na produção vegetal em países de baixa renda

Oladipo Isaac Olaposi Akinruli Ifedayo Joshua Adebayo Yusuf

Journal Title:Revista Espinhaço
Abstract


Os recursos hídricos serão mais afetados pelas mudanças climáticas. Tendo em vista que a agricultura nos países pobres depende enormemente do volume de precipitação, os efeitos das mudanças climáticas serão particularmente maiores nestes países. Todo esforço para melhorar a eficiência do uso da água é valido. Este trabalho apresenta um relatório do desenvolvimento do sistema de nano-irrigação usando argila moldada. O material de argila foi extraído localmente de um depósito próximo à comunidade de Isan-Ekiti, Nigéria. Quantidades variadas de serragem foi misturada à argila antes do molde. Como resultado, encontramos sete diferentes formas de tratar a argila de acordo com as razões de serragem: 100:0, 90:10, 80:20, 70:30, 60:40, 50:50 e 40:60. As amostras foram submetidas a sundagem e mais tarde foram disparadas no forno a 700 o C. Este processo ajudou a reforçar os moldes e eliminar os burnouts de serragem. A partir do teste de descarga de água realizado através da conexão do emissor à extremidade de descarga de uma mangueira de água, o tratamento de 80:20 apresentou alta de 8,6 x 10-6 l / s (aproximadamente 1 litro / dia). As descargas correspondentes de 70:30, 60:40, 50:50 e 40:60 foram 4,3 x 10-5 l / s (2 litros / dia), 1,6 x 10-5 l / s (aproximadamente 4 litros / dia), 1,4 x 10-5 l / s (aproximadamente 5 litros / dia) e 1,2 x 10-5 l / s (aproximadamente 7 litros / dia). Em comparação com a fabricação comercial de drippers pela Netafim Ltd, a descarga foi muito mais eficiente na redução da perda de água de irrigação. A amostra de 70:30 foi considerada mais adequada para satisfazer a descarga de quantidade de água equivalente ao requisito de água dos vegetais de abóbora e okra. Isso foi confirmado no experimento de campo realizado com estas culturas. Na plataforma de utilização de materiais, o emissor desenvolvido apresentou um custo-efetivo 100 vezes melhor do que o pote de cozinha, e o retorno econômico para a mulher rural supera em muito o de outros produtos de cerâmica.

Download